Um dia você tem tudo,esta tudo bem,seu mundo esta a seu favor,você vive feliz,e vive de bem com a vida,mesmo dando algumas coisinhas erradas,são faceis de concertar.
Então num outro dia,tudo isso acaba,como se fosse o demonio tirando tudo o que lhe faz feliz,amizades,amores,familia,doms,hobbies,bems materiais,tudo o que possa imaginar.
Então você se encotra em um estado lamentavel digno de pena e assim,é taxado louco,e todos se afastam de você,as pessoas o temem,as pessoas o odeiam,e você odeia da mesma forma.
Odeia mundo,pessoas,vidas,romances,casais,estilos,formas de pensar,e começa a pensar da sua forma,sem ser influenciado,começa a ser arrogante,e orgulhoso,ninguem é maior que você,ninguem pode lhe derrubar,ninguem pode ler fazer se abaixar,ninguem vai lhe fazer abaixar a cabeça,ninguem!!!
Então por seu orgulho e sua arrogancia,você destrona amigos,faz eles se sentirem lixos,e depois derruba eles,briga com eles,e do nada vem com a maior cara de pau,como se nada tivesse acontecido,mas no outro dia,novamente,enfia a faca no cranio de seus amigos,deixando os em coma novamente
-Vamos,me mate mais uma vez!!!
É como se eles pedissem isso.
Pois todos querem te derrubar,é a impressão que você tem do mundo,após ter sido derrotado,por um ser inutil,um verme no qual um dia você amou,alias por falar em amor,é incrivel como mulheres podem amar e de uma hora para a outra,não amam mais,somentem homens continuam a amar eternamente,até vomitarem sangue,já mulheres são frias.
Por isso em algumas religiões mulheres são consideradas demonios,com razão dou a essas religiões.
Infelizmente,nem todas são assim,eu ja vi boas mulheres,pessoas boas mesmo de coração tão nobre e puro,que se seu coração fosse agua,teria pena de beber desta agua,de tão sagrada que é.
Voltando ao assunto,você se encontra em um estado desisperador,tem pesadelos toda noite,mas nem lhe dão mais medo
-Vamos pesadelos,apareçam em minha mente novamente,mais uma vez,mate minha mente e apodreça meu corpo com o cansaso de dormir mal
Você vive com lembramças,que voltam em sua mente como farpas que entram em sua mente,para lhe sujar com a lama do ódio,lembranças de momentos bons e ruins,lembranças de amigos,de momentos e coisas que jamais vão voltar,essas lembramças só tem como finalidade,acabar com o que sobrou de sua carne,para fazer apodrecer de vez o resto de tutano que ainda sobra em seus ossos.
Estado lamentavel no qual me encontro,o ódio me move,me faz ainda viver,parece que a unica razão da minha existencia é o ódio,talvez eu somente exista para ódiar,talvez eu exista para destruir,vim a este mundo para trazer o caos,e não para trazer amor,talvez a unica razão de minha existencia é sofrer e sangrar por todos aqueles que sofrem comigo,fazer com que minha vida jamais tenha uma razão para existir [No Reason to exist...]