Domo, Hard Gay Minoru-kun Ana desu!
Para estrear o novo visual do blog, aqui está um post meu criticando a suposta "filosofia" (?) de sexo, drogas e rock'n'roll.

Sério, não entendo isso. Coisa de adolescente rebelde-sem-causa no cio. Sabe aquela coisa de "AHHH eu quero ser um rockstar, usar muuuuitas drogas e transar muuuuuuuuuito!11!!1!1! AHHHH EU SOU FOOOODA!"? Basicamente é isso.

Sexo, drogas e rock'n'roll não tem sentido, não tem fundamentos, não tem porra nenhuma. Por que as pessoas ainda gostam dessa merda inútil que não acrescenta em nada seu intelecto, hein? Me responde.

3 motivos pra não gostar dessa merda:

  1. Sexo é uma bosta, não entendo porque tanta gente vive (e MORRE) em função disso;
  2. Drogas também são uma bosta: fazem mal e matam, se você não sabia, Mr. Eu-Sou-Rebelde;
  3. Rock é legal, mas tem coisa melhor por aí. Muito melhor, pra falar a verdade.
Depois vem um rebeldezinho poser comentar aqui:
"Você fala isso porque você nunca transou, você não sabe o que é ser drogado, você não entende de rock, você não entende de música, mimimi"
Nunca transei e nunca vou transar, sexo é nojento e repugnante e não tenho medo de publicar isso; se drogar é uma coisa extremamente idiota, só um cara muito BURRO acaba com a própria vida porque quer ficar doidão (o mesmo serve para o álcool); e eu realmente não entendo de música, apenas seleciono determinados gêneros musicais que não gosto. E por favor, o rock não é a única maravilha da música.


Eu não sou a única pessoa que pensa assim: 
H                 elton                   Embryo         diz (20:20):
*meu
*sexo te mata
*drogas te mata
*e rock nem é tão bom assim


Mas é como dizem: quando a pessoa nasce burra, MORRE burra.